Mulher & Maternidade Saúde

ENTENDENDO AS CARACTERÍSTICAS DO COCÔ DO SEU BEBÊ

11 de setembro de 2017

A maior preocupação dos pais é com a saúde e bem-estar dos filhos, já a partir do momento em que estes nascem. Desde os primeiros dias de vida do bebê, compreender as razões de cada choro, alterações de humor, frequência de sono e funcionamento de intestino é um dos desafios da família para se adaptar à rotina com a criança.

Pensando na saúde dos pequenos, é importante, por exemplo, que os pais estejam atentos às características do cocô do bebê, consistência e frequência, uma vez que isso pode indicar boa saúde ou necessidade de algum tratamento. Por outro lado, não existem regras, uma vez que o intestino de cada criança funciona de modo diferente.

Nos primeiros meses, quando a alimentação é exclusivamente o leite materno, é comum as fezes serem mais líquidas e pastosas e, com o passar do tempo, quando outros alimentos são inseridos, ficarem mais espessas e consistentes.

Para orientar os pais a identificar a tonalidade e o aspecto das fezes – um assunto que faz parte da conversa de toda mãe e pai

Bepantol® Baby explica os tipos de cocô:

 

– Fezes escuras: cor normal para os primeiros dias de vida do bebê, ao longo do tempo elas vão para os tons esverdeados/amarelados. No caso da suplementação com ferro, a cor escura é normal, mas se não apresentar causa aparente e a cor muito escura voltar, deve-se procurar o pediatra.

– Fezes amareladas: cor normal para o cocô do bebê, principalmente para os que se alimentam apenas de leite materno.

– Fezes brancas: possível problema no fígado, responsável por produzir a bile, líquido que contribui para a boa digestão. Deve-se procurar um pediatra.

– Fezes vermelhas: a presença de sangue nas fezes indica possíveis infecções ou problemas gastrointestinais. Recomenda-se ir ao médico.

Fezes com formato de bolinhas indicam probabilidade de o bebê estar com prisão de ventre. O recomendado é dar mais líquido, e caso a criança já coma alimentos sólidos, aumentar a quantidade de fibras. Se os sintomas persistam, deve-se procurar o pediatra.

Além de observar as alterações nas fezes do bebê, é importante ficar atento se elas vêm acompanhadas de sintomas como febre, dor e irritação, o que pode indicar a presença de doenças. Nesse caso, é hora de procurar um pediatra.

Na hora da troca de fraldas, deve-se sempre passar o creme antiassaduras Bepantol® Baby, que hidrata e previne o bumbum de assaduras.

Sobre a Linha Bepantol® Baby

Sempre pensando no bem-estar da mãe, do pai e, claro, dos bebês, a Bayer oferece Bepantol®Baby, creme antiassaduras com tripla proteção: protege, hidrata e ajuda na recuperação da pele dos pequenos. Contém Pró-vitamina B5, que cria uma barreira transparente, protegendo o bumbum do bebê e deixando-o mais resistente contra as assaduras. Além disso, o antiassaduras da Bayer é fácil de espalhar e de ser retirado, evitando assim fricções desnecessárias. Sua fórmula hipoalergênica não contém agentes potencialmente irritantes, como fragrâncias, corantes e conservantes, que podem irritar a pele sensível do bebê. Bepantol® Baby é a evolução dos antiassaduras.

Saiba mais em Bepantol Baby

 

 

 

You Might Also Like

Nenhum Comentário

Deixe um Comentário

❣ Tem um site? Escolha um de seus últimos posts para aparecer após seu comentário!
%d blogueiros gostam disto: