Beleza Mulher & Maternidade

No ranking das cirurgias íntimas, a ninfoplastia ou labioplastica ocupa o 1º lugar.

10 de agosto de 2018

A ninfoplastia, também conhecida como labioplastia, foi a cirurgia plástica que apresentou maior aumento da procura no último ano, segundo levantamento da ISAPS (Sociedade Internacional de Cirurgia Estética) foram 45% em relação à demanda. Com a maior divulgação das cirurgias íntimas pelas mídias nos últimos anos, muitas mulheres ficaram sabendo que tem como eliminar o desconforto e o constrangimento causado pela alteração estética genital através da cirurgia. 

No ranking das cirurgias íntimas, a ninfoplastia ou labioplastica ocupa o 1º lugar. Mas você sabe para que serve essa cirurgia? “Esta cirurgia é indicada para reduzir os pequenos lábios vaginais, que quando aumentados passam a ficar expostos na região genital, como uma sobra de pele flácida e muitas vezes escura” ressalta o cirurgião plástico Dr. André Colaneri. Pode incomodar durante exercícios físicos, causar candidíases de repetição e até dor nas relações sexuais. A maior causa, porém, da grande procura pela ninfoplastia ou labioplastia é o constrangimento que o aumento dos pequenos lábios proporciona, levando às pacientes a evitar se trocar em vestiários, usar roupas justas e de relaxarem completamente nas relações sexuais. Algumas chegam inclusive a evitar se relacionar sexualmente e até de ir ao ginecologista, por tamanha vergonha.

Copyright foto: iStock

O procedimento pode ser realizado com laser, que promove uma recuperação mais rápida e reduz o inchaço e a roxidão. A paciente tem alta no mesmo dia, normalmente após 6 horas da cirurgia.

A ninfoplastia, também conhecida como labioplastia, foi a cirurgia plástica que apresentou maior aumento da procura no último ano, segundo levantamento da ISAPS (Sociedade Internacional de Cirurgia Estética) foram 45% em relação à demanda. Com a maior divulgação das cirurgias íntimas pelas mídias nos últimos anos, muitas mulheres ficaram sabendo que tem como eliminar o desconforto e o constrangimento causado pela alteração estética genital através da cirurgia. 

No ranking das cirurgias íntimas, a ninfoplastia ou labioplastica ocupa o 1º lugar. Mas você sabe para que serve essa cirurgia? “Esta cirurgia é indicada para reduzir os pequenos lábios vaginais, que quando aumentados passam a ficar expostos na região genital, como uma sobra de pele flácida e muitas vezes escura” ressalta o cirurgião plástico Dr. André Colaneri. Pode incomodar durante exercícios físicos, causar candidíases de repetição e até dor nas relações sexuais. A maior causa, porém, da grande procura pela ninfoplastia ou labioplastia é o constrangimento que o aumento dos pequenos lábios proporciona, levando às pacientes a evitar se trocar em vestiários, usar roupas justas e de relaxarem completamente nas relações sexuais. Algumas chegam inclusive a evitar se relacionar sexualmente e até de ir ao ginecologista, por tamanha vergonha.

O procedimento pode ser realizado com laser, que promove uma recuperação mais rápida e reduz o inchaço e a roxidão. A paciente tem alta no mesmo dia, normalmente após 6 horas da cirurgia.

A cirurgia tem indicação estética e funcional, pois os pequenos lábios tem a função de proteger a vagina de infecções e também ajuda na lubrificação local, além de auxiliar nos aspectos psicológicos, como a autoestima, que promove a satisfação pessoal e reflete na melhora da vida sexual.

Sobre o Dr. André Colaneri

O cirurgião plástico é especialista e Membro Titular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. O especialista fala sobre diferentes assuntos dentro da cirurgia plástica, como cirurgia íntima (ninfoplastia; monte de vênus; correção dos grandes lábios), próteses em geral (mama, panturrilha, glúteo etc), lifting, lipoaspiração, lipoescultura, lipo-abdominoplastia, reconstrução de mama, rinoplastia, blefaroplastia, mentoplastia etc.

You Might Also Like

Nenhum Comentário

Deixe um Comentário

❣ Tem um site? Escolha um de seus últimos posts para aparecer após seu comentário!
%d blogueiros gostam disto: