Arte

Filme: A teoria de tudo

6 de fevereiro de 2015

The-Theory-of-Everything-Poster-2

Hoje assisti ao filme A TEORIA DE TUDO que conta a história do astrofísico Stephen Hawking, um promissor estudante de física que no início da década de 1960, foi diagnosticado com a temível ELA. Na época, a chamada doença do neurônio motor (DNM), permitiria-lhe apenas mais dois anos de vida, de acordo com os médicos.

Eddie-Redmayne-ateoriadetudo-650x400

O filme é tocante com cenas bastante comoventes que nos faz refletir muito sobre até onde podemos chegar mesmo diante de limitações. Concorre ao Oscar de Melhor filme, ator (Eddie Redmayne), atriz (Felicity Jones), roteiro adaptado e trilha sonora. Como filme, acredito que tem poucas chances mas para a categoria ator e atriz já penso o contrário. ambos tiveram uma ótima performance em especial Eddie Redmayne  que foi incrivelmente bom.

a-histc3b3ria-do-cientista-stephen-hawking-portador-de-esclerose-lateral-amiotrc3b3fica-c3a9-interpretada-brilhantemente

Gostei muito de uma cena em que ele esta no palco respondendo perguntas e uma pessoa o indaga se há alguma filosofia que o ajuda, uma vez que declara não acreditar em Deus. E ele responde:

 “ É claro que somos apenas primatas evoluídos, vivendo em um planeta pequeno que orbita uma estrela comum, localizada no subúrbio de uma de bilhões de galáxias, mas desde o começo da civilização as pessoas tentam entender a ordem fundamental do mundo.
Deve haver algo muito especial sobre os limites do universo, e o que pode ser mais especial do que não haver limites?
Não deve haver limites para o esforço humano.
Somos todos diferentes.
Por pior que a vida possa parecer, sempre há algo que podemos fazer em que podemos obter sucesso.
Enquanto houver vida, haverá esperança.”

Minha conclusão: O filme é maravilhoso, tocante, imperdível e minha nota é 7,5

You Might Also Like

5 Comentários

  • Responder claquetegirls 6 de fevereiro de 2015 em 09:28

    Esse filme é muito lindo, ainda mais que não conhecia muita coisa sobre ele.

  • Responder Céu de Borboletas 6 de fevereiro de 2015 em 14:11
  • Responder Juliana De Moraes Lacerda 6 de fevereiro de 2015 em 14:14

    Gostei do filme. Estava com receio que houvessem muitos diálogos piegas e o filme acabasse caindo em um estilo “romance água com açúcar”, mas ainda bem que isso não aconteceu. A atuação do Eddie Redmayne está realmente excelente.

  • Responder oautorretrato 6 de fevereiro de 2015 em 16:13

    Vou assistir esse filme logo, logo!!!!

  • Comente! Sua opinião é muito importante!

    %d blogueiros gostam disto: