Teatro

CANTE COM PEIXONAUTA

6 de março de 2018

A programação infantil segue em alta no Teatro OPUS. A famosa série de animação brasileira Peixonauta, criada e produzida pela TV PinGuim (responsável também pelo “Show da Luna!”) e exibida pelo canal Discovery Kids, é a próxima atração confirmada para se apresentar no palco do mais novo espaço cênico de São Paulo.

O show Cante com Peixonauta promete colocar a criançada para dançar e se divertir com interação de bonecos, manipulados por quatro atores, projeção e a Banda do Peixonauta, no dia 10 de março, às 16h.

Os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro OPUS e pelo site UHUU  

Bem interativa, a apresentação dos personagens Peixonauta e seus melhores amigos, a menina Marina e o macaco Zico, conta com músicas originais escritas pelo grupo Palavra Cantada como “Marina”, “Pegar Onda”, “Chumbo Feliz” e “As Pistas da Pop”. Para meninas e meninos bem novinhos, a sensação é estar dentro de um clipe musical.

Os atores e músicos se revezam na manipulação dos bonecos, criados por Sidnei Caria Shyozi Izuno e Vilarte, todos supervisionados por Celia Catunda e Kiko Mistorigo, diretores da TV PinGuim. Os bonecos são feitos de espuma, tecido e isopor. São várias técnicas, como a manipulação direta, manipulação com varetas e a técnica japonesa unraku, onde três

manipuladores fazem o movimento de um mesmo boneco, dando ao personagem um movimento mais próximo do humano.

Durante o show, os personagens desvendam novos mistérios e abordam valores importantes como o trabalho em equipe, a preocupação com o bem comum, a preservação dos recursos naturais do planeta, a alimentação saudável e o consumo consciente.

No palco, há imagens projetadas em um telão, bolhas de sabão que caem do teto e objetos de cena que fazem com que o público se sinta debaixo da água, ao som das canções que fazem parte do programa exibido na TV. A trilha sonora, trabalha elementos e instrumentos tipicamente brasileiros, trazendo ritmos como o samba, baião e forró. A classificação etária é livre e as crianças passeiam entre o real e a fantasia.

O ápice acontece quando a bola POP entra em cena, utilizando técnicas do teatro de sombras.

Assim como na TV, os pequenos espectadores são convidados a repetir a sequência rítmica de palmas e pés para descobrir novas pistas secretas.

O projeto tem direção cênica de Beto Andreetta, da Cia Pia Fraus e direção musical de Paulo Tatit, do Grupo Palavra Cantada.

Saiba mais em

TEATRO OPUS

You Might Also Like

Nenhum Comentário

Deixe um Comentário

❣ Tem um site? Escolha um de seus últimos posts para aparecer após seu comentário!
%d blogueiros gostam disto: