Viagem & Passeios

Intercâmbio: Dicas Essenciais Que Você Precisa Saber

2 de agosto de 2021

 Intercâmbio: Dicas Essenciais Que Você Precisa Saber

Fazer um intercâmbio é uma grande experiência de vida, afinal, você estuda um novo idioma, conhece pessoas e lugares novos, mergulha em uma outra cultura e muito mais!

Porém, não basta escolher um destino, comprar as passagens, fazer as malas e viajar. 

Antes, é preciso fazer um bom planejamento e, além disso, saber algumas coisas para não passar apertos e “perrengues” depois.

Sendo assim, no artigo de hoje, nós separamos para você algumas dicas essenciais que você precisa saber em relação a um intercâmbio.

Assim, a sua viagem será muito mais proveitosa, divertida e rica em experiências e aprendizado! Vamos lá?

Dicas essenciais para quem quer fazer um intercâmbio

1. Objetivo

Primeiro de tudo: qual é o seu objetivo com o intercâmbio? É aumentar o seu nível de conhecimento em um determinado idioma? É dar um upgrade em seu currículo? É trabalhar em outro país?

Muitas pessoas que fazem intercâmbio, possuem diferentes motivos para isso e você precisa estabelecer o seu.

Assim, a partir disso, será mais fácil escolher o seu destino e o tipo de curso para fazer no país.

2. Destino

Em qual destino você pretende fazer o seu intercâmbio? Qual país tem mais a “sua cara” e pode fornecer a você um bom aprendizado e grandes experiências?

Aqui, é de suma importância pesquisar bastante, avaliar as opções disponíveis, as características de cada lugar e escolher um destino que, de fato, seja interessante para você.

Hoje em dia, existem diversos destinos ao redor do mundo que são procurados por brasileiros quando se fala em intercâmbio, sendo os principais: Canadá, Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Irlanda, Alemanha, Espanha e Japão.

Será que algum deles é para você? 

3. Duração

Quanto tempo você tem disponível para fazer o intercâmbio? Dez dias? Vinte dias? Um mês? Seis meses? Ou mais?

Não existe uma regra para o tempo ideal de intercâmbio. Você precisa apenas escolher uma duração que faça sentido para você e que não ultrapasse o seu orçamento – o que nos leva à próxima dica.

4. Finanças

Dependendo do destino, da duração e do seu estilo de viagem, o intercâmbio pode não ser muito barato.

Por isso, é fundamental se organizar em relação às finanças, até porque, ninguém quer viajar para passar perrengues e ficar com dívidas, não é mesmo?

Então, faça bastante pesquisas, avalie todos os custos envolvidos na viagem e veja quanto você precisará para fazer o intercâmbio.

5. Documentação

Para poder fazer um intercâmbio, você precisa de um passaporte válido e, dependendo do destino, de um visto também (caso de países como os Estados Unidos e o Canadá).

Por isso, com antecedência, não deixe de verificar (e claro, emitir) os documentos necessários para a sua viagem. E ao estar no destino, ande sempre com eles, ok? Nunca saia sem eles.

Ah! E não esqueça de ver também se há a necessidade de uma ou mais vacinas para você poder embarcar. Dependendo do país, pode ser necessário.

6. Dinheiro (câmbio)

Ao viajar para outro país, você precisará de uma determinada moeda estrangeira para poder fazer compras e pagamentos no destino. Talvez seja o dólar, a libra, o euro…

Por isso, novamente com antecedência, é importante que você acompanhe o câmbio e troque os seus reais pela moeda estrangeira de forma fracionada. 

Assim, você tem mais chances de conseguir aproveitar as baixas da moeda, visto que o câmbio oscila.

E para fazer isso, você pode entrar em contato com seu banco e/ou solicitar cotações em casas de câmbio.

Geralmente, cada instituição oferece um valor referente a uma moeda estrangeira. Por isso, é importante pesquisar bem e avaliar qual está compensando mais.

E, além de levar uma certa quantia em espécie, é importante que você leve um cartão também, seja ele um pré-pago internacional ou de crédito.

7. Acomodação

Onde você ficará hospedado em seu intercâmbio? Você já pensou nisso? O ideal é que você escolha um local que tenha uma boa localização, que seja seguro e que te permita descansar/estudar sem ter dor de cabeça.

Você pode, por exemplo, alugar um apartamento ou uma casa, ficar em alojamentos com outros estudantes, em uma residência de alguma família… cada acomodação possui certas vantagens e desvantagens, cabe a você avaliar qual é a mais adequada para o seu caso.

8. Bagagem

Você não precisa levar a sua casa para o intercâmbio. Seja objetivo e estratégico na hora de fazer as suas malas.

Então, separe peças, roupas e acessórios que sejam práticos, versáteis e fáceis de combinar/utilizar. 

Além disso, não esqueça de levar um kit de medicamentos, produtos para a sua higiene pessoal e itens como carregadores, adaptadores de tomada, etc.

O ideal é pesquisar na internet por um checklist de bagagem, assim, você não corre o risco de esquecer algo importante.

9. Seguro viagem

Por fim, mas não menos importante, temos o seguro viagem.

Em qualquer viagem internacional, seja ela de intercâmbio ou não, você precisa contratar um bom seguro.

Isso porque, imprevistos e problemas podem acontecer e você não vai querer ficar desamparado no exterior, certo?

Os custos com atendimento médico, por exemplo, podem ser altíssimos se você não tiver um seguro que ofereça coberturas a você.

Portanto, antes de sair do país, pesquise por seguros de viagem, avalie as opções e coberturas oferecidas e contrate um que te garanta mais segurança e tranquilidade em seu intercâmbio!

Dica final

Aproveite! Mergulhe de cabeça em seu intercâmbio, estude bastante, faça amigos, converse com pessoas, aprofunde-se na cultura local, visite atrações e pontos turísticos, passeie nas horas em que estiver livre e faça dessa experiência um momento inesquecível em sua vida.

You Might Also Like

Nenhum Comentário

Comente! Sua opinião é muito importante!

%d blogueiros gostam disto: