Mulher & Maternidade

7 dicas para aliviar as dores nas costas durante a gestação

30 de julho de 2019

A gravidez gera uma série de modificações intensas no corpo da mulher em um curto período, e não é à toa que muitas grávidas se queixam de dores nas costas durante a gestação.

Com o crescimento constante e rápido do útero, a região abdominal sofre uma série de arranjos para alocar o bebê junto aos órgãos internos e à estrutura óssea, principalmente na região pélvica. Os músculos dessa área acabam se enfraquecendo e sobrecarregando os nervos da coluna, causando dores.

Além disso, o corpo da gestante passa por muitas alterações hormonais: o corpo lúteo (glândula endócrina do ovário) e a placenta passam a produzir grandes quantidades de  um hormônio chamado relaxina, que tem a função de esticar o útero e amolecer as articulações pélvicas, preparando o corpo feminino para o momento do parto.

Também podemos somar todos esses fatores ao ganho de peso, condição que já representa uma sobrecarga para coluna até em mulheres que não estão grávidas e também nos homens.

Apesar das dores nas costas durante a gravidez raramente prejudicarem o desenvolvimento do bebê, as gestantes precisam informar sobre os sintomas durante os exames pré-natais. Caso as dores sejam intensas, o médico indicará o tratamento e medicações mais adequadas para a grávida (que jamais deve se medicar por conta própria).

Veja algumas dicas simples que podem ajudar a amenizar as dores nas costas e a aproveitar com mais disposição esse momento tão importante da vida.

Exercícios físicos leves

Se não houver contraindicação médica, a grávida pode realizar exercícios de baixo impacto como pilates, ioga, hidroginástica e caminhadas. Em caso de gravidez com recomendação de repouso, é possível acionar serviços profissionais de fisioterapeutas, inclusive podendo optar pela opção da fisioterapia domiciliar, para ajudar a fortalecer a musculatura e corrigir a postura.

Compressas com água quente

É possível aproveitar a água quente do banho direcionando o jato para a região dolorida ou aplicar compressas com bolsas de água quente. O calor ajuda a relaxar os músculos inflamados. Outra opção também é aplicar compressas de água morna com óleos naturais de eucalipto ou manjericão até 3 vezes ao dia por 15 minutos – converse com seu médico antes.

Cinta de sustentação

O acessório ajuda na distribuição do peso da barriga e na correção da postura. Antes de optar pelo uso, converse com o seu médico para verificar se não há restrições e qual é o modelo mais adequado.

Use calçados adequados

Invista em sapatos anatômicos e confortáveis, com sola amortecedora e antiderrapante para evitar a sobrecarga dos joelhos e calcanhares durante a mudança do centro de equilíbrio causada pelo crescimento da barriga. Evite as sandálias rasteirinhas e saltos.

Vigiar a postura

A grávida que passa muito tempo sentada deve adequar seu assento com a altura ideal para manter os joelhos no ângulo certo e garantir apoio adequado para as costas, que devem permanecer eretas. Evite passar muito tempo em pé e carregar peso.

Durma com um travesseiro no meio das pernas

Esse simples truque ajuda a estabilizar a coluna e evitar sobrecargas. A posição mais indicada e se deitar de lado e colocar o travesseiro no meio das pernas. Já existem no mercado diversas opções de travesseiros estabilizadores feitos especialmente para grávidas.

Evite ganho de peso excessivo

É normal ganhar alguns quilos durante a gravidez, mas tome cuidado com a alimentação e evite o ganho de peso excessivo que, além de prejudicar a coluna, pode trazer riscos ao parto.

Gostou?

Deixe seu comentário aqui

You Might Also Like

Nenhum Comentário

Comente! Sua opinião é muito importante!

%d blogueiros gostam disto: