Decoração & Design

Como montar diferentes tipos de jardim de inverno

4 de setembro de 2019

Obviamente você já ouviu falar em jardim de inverno, mas você sabe onde surgiu essa ideia? Foi na Europa por volta do século 17, eles foram criados para funcionar como um espaço de convivência nos casarões. Além disso, pelo rigoroso inverno do continente, essa foi uma forma de manter o verde por perto mesmo quando as temperaturas estão baixas.

Como todas as ideias se adaptam e readaptam, com o jardim de inverno não é diferente! Há diversas formas de criar um espaço ‘jardim’ na sua casa ou apartamento, independente do tamanho do local. O objetivo ainda é mesmo desde que a ideia surgiu, trazer vida à ambientes fechados, como salas e escritórios, e até mesmo em varandas ou aquela área que caiu em desuso ou sempre esteve esquecida. Ou seja, transformar o local num espaço verde e de convivência!

Imagem de Rohit Salitra por Unsplash

Preparamos aqui quatro dicas de como fazer o seu jardim de inverno seja em espaço interno ou externo; plantas no chão, ou com uso de vasos. Confira:

  1. Preparando o local

A primeira dica é para a escolha do local, dê preferência para a luz natural! O local não precisa de luz todo o tempo, mas é importante oferecer luminosidade ao menos numa parte do dia. É muito importante para o desenvolvimento e manutenção das suas plantas.

Além disso, o espaço também vai ter influência no tipo de jardim de inverno que vai montar, já que existem vários formatos. Você pode optar por utilizar vasos para deixar as plantas, além de ser uma alternativa funcional para deixar seu lar um ambiente mais verde, os vasos são um item a mais na decoração! Mas, caso a sua escolha seja colocar as plantas diretamente no solo, alguns cuidados extras devem ser tomados para evitar problemas futuros com acúmulo de água e/ou infiltração. Se esse jardim ficará dentro de casa, fazer a impermeabilização bem-feita é imprescindível. Já se optar por um espaço aberto, verifique se é necessário fazer algum tipo de drenagem do solo para ajudar no escoamento da água.

Photo by Judah Guttmann on Unsplash

  1. Escolha as plantas corretas

Como essas plantas não ficarão em contato direto com a luz do sol, o ideal para um jardim de inverno é escolher plantas que sobrevivam bem na sombra ou à meia luz. E como elas são as protagonistas do seu jardim, é essencial que estejam adaptadas ao ambiente para que ele dure muito. Por isso, analise a frequência de luz no seu espaço e veja as opções de plantas abaixo:

Espécie que precisam de sol

  • Echevéria ou rosa de pedra (Echeveria elegans)
  • Rabo-de-burro (Sedum morganianum)
  • Planta fantasma (Graptopetalum paraguayense)
  • Zebra (Haworthia fasciata)
  • Sedum carnicolor
  • Orelha de Shrek (Crassula ovata gollum)
  • Colar de pérolas (Senecio rowleyanus)

Imagem de Annie Spratt por Pixabay

Dica para cuidar das suculentas: Lembre-se que elas precisam de cerca de quatro horas por dia no sol. E outro fato importante para ficar atento é que a suculenta sofre mais com o excesso de água, do que com a falta dela!

Espécie que precisam de sombra

  • Bambu da sorte (Dracaena sanderiana)
  • Begônia (Begonia elatior)
  • Bromélia (Guzmania ligulata)
  • Antúrio (Anthurium andreanum)
  • Orquídeas (Cymbidium, Oncidium obryzatum e Cattleya loddigesii – florescem no inverno!)
  • Estrelítzias (Strelitzia reginae – foto)
  • Samambaias (Pleopeltis pleopeltifolia)

Imagem de ADD por Pixabay

Dica para cuidar das plantas que preferem sombra: Elas gostam de meia sombra, afinal toda planta precisa de um pouco de luz, não é mesmo? Esse tipo de planta gosta de umidade. Então, para mantê-la úmida, é melhor regar um pouco por dia do que muito uma vez por semana!

  1. Invista nas paredes

Independente se o local do seu jardim de inverno é aberto ou fechado, se contar com paredes, investir nelas dá sempre um charme a mais!

Obviamente você pode aproveitar a parede como está, mas também pode fazer algumas mudanças. A dica aqui é inovar com revestimentos rústicos que renovam e completam o ambiente! Pois essa opção combinada com plantas delicadas deixa o seu cantinho mais aconchegante e o visual harmonioso. Além disso, as pedras deixam a parede mais frias, o que ajuda a manter as plantas frescas e úmidas.

Outra dica é utilizar a parede para investir em espécies de ervas! Além do cheiro agradável e sua beleza delicada, as ervas dão mais tempero e sabor para suas refeições! Alecrim, salsa, coentro, cebolinha, tomilho, pimenta dedo-de-moça, orégano, manjericão, manjerona, sálvia, endro são algumas opções!

Imagem de Emile-Victor Portenart por Unsplash

  1. Use pedras

 As pedras além de decorar o seu jardim de inverno, também ajudam a drenar a água, a absorver a umidade do ar e controlar, de forma natural, a temperatura do ambiente. E o melhor disso tudo é a variedade de pedras que você pode utilizar par brincar com os diferentes tons, formatos e tamanhos!

Imagem de Jonas Ferlin por Pexels

  • Pedras largas e irregulares: podem ser usadas para demarcar caminhos e servir como pisadores.
  • Seixo: com texturas, formatos e cores diferentes, podendo variar entre tons beges e marrons, dá um ar natural ao ambiente. Esse tipo de pedra também pode ser utilizado na composição de fontes.
  • Dolomitas: É melhor utilizada em ambientes internos, já que a pedra é branca e pode acumular pó e sujeira, deixando-a com uma tonalidade amarelada.
  • Argila expandida: Além de ser uma excelente opção para drenagem, é decoração para quem gosta de um visual mais rústico.

Dica: Você pode utilizar diferentes tipos de pedras para compor o chão do seu jardim de inverno de forma criativa! Além disso, pode usar materiais como casca de pinho e até decks de madeira nesta composição!

Acredite se quiser, o inverno é uma das melhores épocas para o plantio de um jardim. Ao contrário da primavera ou do verão, as temperaturas são mais baixas, o que evita a disseminação de pragas ou que o calor em excesso afete o crescimento das plantas. Então, se você pretende começar um jardim em casa, esse é o momento!

Obviamente você já ouviu falar em jardim de inverno, mas você sabe onde surgiu essa ideia? Foi na Europa por volta do século 17, eles foram criados para funcionar como um espaço de convivência nos casarões. Além disso, pelo rigoroso inverno do continente, essa foi uma forma de manter o verde por perto mesmo quando as temperaturas estão baixas.

Como todas as ideias se adaptam e readaptam, com o jardim de inverno não é diferente! Há diversas formas de criar um espaço ‘jardim’ na sua casa ou apartamento, independente do tamanho do local. O objetivo ainda é mesmo desde que a ideia surgiu, trazer vida à ambientes fechados, como salas e escritórios, e até mesmo em varandas ou aquela área que caiu em desuso ou sempre esteve esquecida. Ou seja, transformar o local num espaço verde e de convivência!

Leia também 5 dicas práticas para redecorar o seu jardim

You Might Also Like

Nenhum Comentário

Comente! Sua opinião é muito importante!

%d blogueiros gostam disto: