Reflexões

Dicas para driblar a tristeza de fim de ano

23 de dezembro de 2019

O fim de ano é um período de festas e muita animação, em que as pessoas avaliam conquistas, metas alcançadas e se preparam para os desafios que virão no ano seguinte. No entanto, muitos enxergam o período como o fechamento de um ciclo, focam nas perdas e no que aconteceu de negativo, iniciando um período de tristeza em suas vidas.

 fim de ano

Segundo a professora de Psicologia do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê), Sandra Mousinho, “as pessoas focam no que deixaram de fazer e isso pode causar uma grande frustração, principalmente porque a tendência é sempre comparar as suas realizações com a retrospectiva dos colegas, que é, na maioria das vezes, irreal”.

Para não deixar essa tristeza tomar conta durante as comemorações de fim de ano, a professora Sandra dá algumas dicas:

  • Ocupe-se. Aproveite as horas vagas entre as obrigações de fim de ano para fazer o que realmente gosta. Leia um livro, assista uma série, saia com amigos ou comece um novo hobby. “Quanto mais desocupada fica a mente, maior a tendência a pensar em problemas e acontecimentos negativos. Por isso, é muito importante manter-se ocupado”, conta a professora;

  • Evite confrontos familiares. Manter a paz em encontros de família pode ser uma tarefa árdua, especialmente se as visões e opiniões dos membros são muito diferentes. No entanto, se você sabe que os conflitos vão acabar aparecendo, prepare-se para responder às provocações de forma neutra. Sugira que vocês discutam a questão em um outro momento e mude de assunto;

  • Faça uma lista. Escreva todas as coisas boas que aconteceram na sua vida este ano, sonhos que realizou, viagens que fez, pessoas que conheceu. Aproveite também para colocar no papel suas expectativas para o próximo ano e pense nele como um recomeço, como uma nova chance de conquistar tudo aquilo que não foi possível até então;

  • Compartilhe seus sentimentos. Amigos e familiares devem estar presentes na sua vida mesmo nos momentos mais difíceis. Se algo lhe incomoda ou se você está sofrendo por algum motivo, converse com pessoas próximas. “Questões emocionais precisam ser acompanhadas e compartilhadas. Alguns conflitos internos e dores dificilmente são resolvidos sozinhos. O apoio da família e amigos é essencial”, explica Sandra;

  • Foque no que realmente importa. Arrumar a casa para receber a família no Natal ou os amigos no Ano Novo é muito bom e presentear seus entes queridos, ainda melhor. No entanto, é importante lembrar que a data é um momento para estar perto de quem você gosta e são as companhias e tradições familiares que realmente importam e não uma mesa de Natal farta, decoração impecável ou presentes caros.

A tristeza é muito comum no final do ano pelos motivos apresentados acima, mas é um sentimento que vai embora após alguns dias ou até semanas. Se ela persistir e vier acompanhada de falta de vontade para realizar tarefas diárias, insônia e cansaço, entre outros sintomas que podem caracterizar a depressão, procure ajuda médica para iniciar o tratamento adequado.

You Might Also Like

Nenhum Comentário

Comente! Sua opinião é muito importante!

%d blogueiros gostam disto: